Fisioterapia Valinhos Vinhedo

Método Pilates

Através dos exercícios e aparelhos propostos por Joe Pilates Associados a conhecimentos atuais em controle motor, biomecânica aplicada, estimulação tátil, facilitação neuromuscular proprioceptiva buscamos reorganizar sensorialmente o praticante, reeducando a respiração, através da funcionalização da musculatura abdominal organizando a postura corporal, desenvolvendo dinamicamente o controle axial da coluna, fortalecendo e alongando a musculatura para que o praticante utilize destes benefícios na sua atividades de vida diária prevenindo e tratando disfunções dinâmicas.

RPG - Reeducação Postural Global

Visará equilibrar as fontes de tensões musculares, articulares, viscerais e cranianas que são as bases de compensações e deformações. Liberando as cadeias musculares das tensões internas equilibrando a postura estática facilitando a postura dinâmica e os gestos das atividades de vida diária.

Indicado para indivíduos ativos e sedentarios a fim de prevenir e atenuar disfunções físicas,orgânicas, como tambem os efeitos da artroses, Disfunções Temporo-mandibulares, Hérnias Discais, quadros algicos ou prevenção de patologias músculo articulares.

Fisioterapia Traumato Ortopédica Funcional



Método das Cadeias Musculares

É baseado na descoberta da engenhosidade do corpo ,e nos permite melhor compreender a lógica das disfunções às origens das dores e deformações. As cadeias musculares representam os circuitos anatômicos através dos quais se propagam as forças do corpo, elas irão reger nossos movimentos, nossa expressão corporal e poderão estar recrutadas também para manter nosso esquema de compensação. Neste caso nossa postura estática se encontrará modificada:

Nossa dinâmica não será mais harmoniosa e as dores aparecerão. O tratamento visará reequilibrar as fontes de tensões musculares, viscerais, cranianas que são àc base das compensações e das deformações.

O tratamento é analítico (liberação de zonas chaves) e global por harmonizar a fisiologia das cadeias musculares.

As técnicas utilizadas são essencialmente de relaxamento e de estiramento complementadas por outras que visem melhorar os resultados. Nosso trabalho sobre o plano muscular, articular, visceral e craniano é unicamente de recriar um equilíbrio de tensões para que a fisiologia seja respeitada.as sessões são de 50 minutos. A frequência se faz ao ritmo de uma vez por semana para que o organismo tenha um tempo de assimilação e de reequilibração. Para as crianças em alguns casos poderá ser feito em duas sessões mais curtas por semana. ao término do tratamento é aconselhado de ser feita uma sessão uma vez por mês, depois uma vez a cada três meses.

O corpo tem uma memória tecidual e este trabalho periódico é o melhor tratamento preventivo. Este método é aconselhado a uma grande variedade de pessoas: aos recém nascidos para que eles sintam-se bem em seus corpos após o trabalho de parto, ás crianças que apresentem deformações (pés, joelhos, escolioses, dores de crescimento, aos atletas para melhorar a performance de seu aparelho locomotor, á pessoas ativas ,idosas e sedentárias a fim de prevenir ou atenuar as disfunções físicas, orgânicas mesmo como os efeitos da artrose).

Programa Organização Miofascial Sensorial

A quem se destina:

Indivíduos sadios que não tenham dores articulares e probemas de coluna. Os alunos com essas características deverão passar por avaliação do fisioterapeuta responsável para que possa seguir as aulas.

Criada pelo fisioterapeuta Dr. Fernando Perrella A Organizaçao Miofascial Sensorial esta baseado nos mais atuais conceitos em reabilitação.

Palestra inaugural (duração 1:30 )

Apresentar o programa aos alunos e orientá-los quanto ao funcionamento de nosso sistema músculo esquelético para que saibam prevenir lesôes durante a prática esportiva e nas atividades da vida diária.

O trabalho consiste inicialmente no trabalho de alongamento das cadeias musculares estáticas e dinâmicas onde trabalharemos em posturas dealongamentos globais e segmentares fundamentado em métodos franceses como a REEDUCACIÓN POSTURAL GLOBAL APLIQUEÈ AU SPORT R.P.G. - Aplicado ao Esporte de PHILLIPE SOUCHARD e no LES CHAINES MUSCULAIRES (As Cadeias Musculares) de LEOPOLD BUSQUET.

Objetivo - Ganhar comprimento muscular, descompressão articular preparando nosso sistems músculo esquelético para o trabalho de flexibilização sem que haja atrito articular.

A segunda parte o trabalho é baseado no ISO-STRETCHING - LA GINÀSTIQUE DE EQUILÃŒBRE (A Ginástica do Equilíbrio) criada pelo Francês BERNARD REDONDO, quando trabalharemos as cadeias antigravitárias (estáticas) funcionalmente para que aprendam a fazer seu papel de auto-crescimento e simultaneamente trabalharemos os músculos superficiais em isometria excêntrica hipertrofiando os músculos (ganhando volume muscular) sem compressão das articulaçôes.

Na última fase objetivamos o trabalho de flexibilização, equilíbrio e propriocepção (consciência corporal), baseado no método do Alemão JOSEPH PILATES realizando os famosos exercícios de solo (PILATES MAT) com o auxílio de bolas e faixas elásticas onde trabalharemos nas diagonais de movimento como preconiza o MÉTODO DE KABAT como tantos outros na área de reabilitação.

Fisioterapeutas Responsáveis:

Dra. Alessandra Basso - Crefito 24.113-f
Dr.Fernando Perrella - Crefito 15.416-f

Indicado para indivíduos ativos e sedentarios a fim de prevenir e atenuar disfunções físicas,orgânicas, como tambem os efeitos da artroses, Disfunções Temporo-mandibulares, Hérnias Discais, quadros algicos ou prevenção de patologias músculo articulares.

Fisioterapia Dermato - Funcional

Visará equilibrar as fontes de tensões musculares, articulares, viscerais e cranianas que são as bases de compensações e deformações. Liberando as cadeias musculares das tensões internas equilibrando a postura estática facilitando a postura dinâmica e os gestos das atividades de vida diária.

Indicado para indivíduos ativos e sedentarios a fim de prevenir e atenuar disfunções físicas,orgânicas, como tambem os efeitos da artroses, Disfunções Temporo-mandibulares, Hérnias Discais, quadros algicos ou prevenção de patologias músculo articulares.

Neuro - Funcional

Inibição de padrões anormais de movimento viabilizando a função motora normal.

Indicações:

Pneumo - Funcional

Indicado para crianças e adultos com problemas respiratórios como asma ,bronquite pneumonias, acúmulo de secreção ou dificuldades respiratórias.

Fisioterapia Pré e Pós-Parto

"O bem estar da mamãe e o melhor para o desenvolvimento de seu filho(a)"

Palestra Orientações pré natais

Indicações: preparar a gestante para as alterações posturais decorrentes ao periodo gestacional prevenindo e traando as causas de dores e facilitar a reorganização postural após o parto.

Orientações pós natais

Objetivo
Nosso objetivo com a palestra "O Bem Estar da Mamãe e o Desenvolvimento de Filho(a)" é de consciêntizar a futura mãe e pai, quanto a integração existente desde a primeira semana de vida intra uterina viabilizando o amadurecimento dessa nova situação para que os pais saibam sobre as características normais e anormais da vida intra-uterina, a personalidade do feto, as relações e movimentos intra- uterinos favorecendo o nascimento e com isso facilitar então o manuseio deste pequeno "ser " desde o primeiro contato com o mundo externo, no qual sabemos o quanto e importante para o desenvolvimento motor- pisco- social da criança.

Consideramos como primeiro contato:

Justificativa sobre o uso correto de BICOS E CHUPETAS

Quando a criança tem uma amamentação natural, ela suga o alimento que lhe traz prazer oral e satisfaz a sua fome, além de outras vantagens, fazendo um esforço para tal obtenção e exercitando a região oral (peri e intra-oral). Todavia , a criança que não é amamentada no peito mas com mamadeira convencional, tem a tendência a introduzir o dedo na boca como uma necessidade de exercitação da musculatura; a sua satisfação de fome é mais imediata, visto não ter tido a necessidade de fazer esforço ao sugar o bico da mamadeira, cujo o orifício já proporciona um gotejamento rápido e consequentemente uma plenitude alimenta.

É nesse momento que o sugar o dedo pode se tornar um hábito; no início servindo de pacificador de uma necessidade sensório-motora não conquistada e, futuramente, pelo uso prolongado, trazendo danos na área fonoarticulatória. Este hábito promove padrão anteriorizado), ou mesmo tornando-se um apoio ou um refúgio em situações de frustração sócio-afetiva; o seu desaparecimento é difícil pela presença constante do dedo no esquema corporal.

Como forma preventiva, tanto para o recém-nascido como para a criança lactente, aconselha-se, dentro da conduta fonoaudiológica, a insistência da manutenção da amamentação no seio materno e/ou o USO DE CHUPETA ORTODÔNTICA, que evitará tais danos devido à sua forma anatômica semelhante ao seio materno. Veja-se, por exemplo, A CHUPETA DE MARCA INTERNACIONACIONAL CONHECIDA "NUK", nos seus tamanhos mini form 1 (para pré termos até crianças de três meses) e para crianças até 18 meses. No mercado nacional é encontrada a similar de marca CHUCA, nos tamanhos mini e número 2, respectivamente, para as idades já citadas.

Para não permanecer o hábito do uso da chupeta além do final do segundo ano de vida, pois então seria prejudicial para a criança, faz-se necessário a utilização de uma conduta disciplinada com relação à utilização da mesma .

Por volta dos vinte e quatro meses, a criança já apresenta várias erupções de dentes, sendo prejudicial à acomodação da língua no espaço bucal, a inserção entre as arcadas superior e inferior de outro material seja ela dedo, chupeta convencional ( redondinha ) ou mesmo ortodôntica.

A articulação distorcidas dos sons /se/, /ze/, /le/ , e /ne/ com interposição de língua pode estar ligada a esta etiologia.
Quando a criança começa a ficar acordada durante um maior tempo do dia, entretendo-se com as mãos, detendo-se na exploração de brinquedos e objetos em geral e utilizando-se do balbucio como forma de exercitação da musculatura oral, é conveniente o não uso da chupeta, restringindo-se apenas a situações de cansaço e ou sono. Por volta dos dois anos e meio se faz necessária a eliminação da chupeta; no entanto algumas crianças têm a necessidade de um elemento de transição, que se sugere ser um brinquedo macio e aconchegante ( bichinho de pano, bonecos ) a que ela tenha afeto a lhe faça companhia durante o sono. É ACONSELHÁVEL A TROCA PERIÓDICA DA CHUPETA ORTODÔNTICA VELHA POR OUTRA NOVA, POR MOTIVO DE HIGIENE, DEFORMIDADE, DA PROPRIA CHUPETA E DEPÊNDENDIA AFETIVA DA CRIÂNÇA PELO ODOR E TEXTURA DA VELHA.

Para as crianças que necessitam do uso da mamadeira para sua alimentação é recomendável um bico funcional, anatômico, chamado ortodôntico, que é o "NUK" (mini form 1 para pré-termos e crianças de até três meses e o de tamanho maior para crianças acima desta idade); semelhante ao mamilo, quanto à forma anatômica; permite a elevação da ponta da língua na cavidade oral ( propiciando a preparação das zonas de contato da língua para a deglutição que não altere as arcadas dentárias e propicie a produção dos sons tipo: /t/ "te", /d/ "de", /n/ "ne", /l/l "le", /r/r "re", e a aproximação dos lábios como ventosa em virtude do seu achatamento e bulbo curto. Seu orifício pequeno favorece a exercitação da musculatura oral e a coordenação da sucção , deglutição e respiração. Este bico pode ser conseguido separadamente do recipiente, adaptando-se a vários nacionais.

Os bicos nacionais convencionais carecem de um estreitamento anterior ao bulbo, cujo a função é importantíssima, pois e elemento essencial para a aproximação dos lábios, formando uma ventosa, e o fortalecimento da musculatura labial para a produção de sons; observa-se que a ausência deste estreitamento também é causadora de um não posicionamento e movimentação corretos da língua dentro da cavidade bucal, durante a coordenação sucção-deglutição

Chupeta

As figuras 1 e 3 representam o estudo cinefluorográficos que mostram a semelhança do posicionamento dos orgãos fonoarticulatórios tanto na amamentação ao peito materno quanto na succão do bico ortodôndico NUK, favorecendo a mesialização da mandibula em relação a maxila devido aos movimentos de amplitude para a retirada do leite (orifício para cima ) com os lábios funcionando como um esfíncter.

As figuras 2 e 3 pode-se observar a diferença dos orgãos fonoarticulatórios quando a criança faz a succão com bico convencional e com o ortodôntico, principalmente em relação a mandibula e ao posicionamento dos lábios. O bico ortodôntico deve estar sempre formando um ângulo de 90 graus em relação a face, formando a letra L invertida, isto devido ao furo que é para cima, forçando a succão a ser eficiente.
Chupeta

1 e 5 - esta parte permite a estimulação da ponta da língua.
2 e 6 - esta elevação propicia estimulação da papila palatina para um futuro toque da língua como ponto de deglutição normal, sem empurrar os dentes superiores para frente.
3 e 7 - este estreitamento de borracha favorece a aproximação dos lábios levando a mandíbula para a frente, assim, num posicionamento cêntrico desta e num futuro crescimento normal. É aconselhável que a criança sugue somente o terço anterior do bico da mamadeira não ultrapassando a região do estreitamento ( 7 )
Em caso disto ocorrer é necessário que seja evitado, utilizando-se a interposição do dedo médio do adulto elevando o lábio inferior para se estabilizá-lo contactando a região ( 7 ) do bico ortodôntico.
4 - esta concavidade ( a parte côncava é a face interna da chupeta que está em contato com a região perioral ) exerce uma pressào na região perioral ( em volta dos lábios ) possibilitando o desencadeamento da succão com preensão labial ( aproximação dos lábios com pressão ).
8 - na cabeça, localiza-se o furo do bico, voltado para cima e fazendo com que o líquido não caia diretamente na parte posterior da língua, mas sobre esta, em seu canolamento.
9- esta parte mais elevada do bulbo faz com que os lábios não ultrapassem esta região, favorecendo que a sucção seja uma exercitação mais da parte anterior da boca e mandíbula, ao contrário dos bicos convencionais que favorecem o abocanhamento até a ruela da mamadeira favorecendo deformidades ósseas com o tempo de uso (é o caso do palato ogival, por exemplo).

Nosso projeto conta com a participação dos seguintes profissionais:

Fisioterapia Geriátrica

Promover qualidade de vida a indivíduos idosos com limitações causadas por patologias e sedentarismo, bem como prevenir através da pratica de exercícios específicos e orientados por fisioterapeutas as diversas patologias relacionadas ao envelhecimento.

Hidroterapia - Hidrocinesioterapia - Hidroturboterapia

Indicado para reabilitação de adulto e crianças que buscam nos benefícios da terapia por imersáo a facilitação dos movimentos causada pela utilização dos princípios físicos da água e por uma metodologia eficiente de tratamento.

Fisioterapia Uroginecológica

Somente após uma criteriosa avaliação o paciente entra no processo de recuperação funcional do assoalho pélvico, visto que ocorrem abordagens diferentes na forma de tratamento entre os diferentes tipos de IU.

Entre os meios conservadores de tratamento da IU assinalam-se as técnicas comportamentais e os trabalho específico da fisioterapia que conta com a reeducação perineal, a eletroestimulação do assoalho pélvico, o uso de cones vaginais e biofeedback.

Entre em contato

Enviar